Clareamento dental

26 de agosto de 2016 17:10
   


Veja o que é o clareamento dental, algumas causas do escurecimento dos dentes e os tipos de clareamento disponíveis (realizado no consultório ou em casa). Os potenciais efeitos adversos e o que se pode esperar do clareamento dental são abordados. | Sempre consulte um dentista para esclarecimentos e adaptações individuais ao seu caso.

O clareamento dental não é um procedimento com resultados permanentes nem homogêneos. O seu resultado depende, portanto, da condição inicial dos dentes e da escolha de tipo de clareamento, realizado por profissional em consultório, auto-aplicado em casa (com supervisão profissional) ou a combinação de ambos.

POSSÍVEIS CAUSAS PARA DENTES MANCHADOS

É importante também entender a causa do escurecimento dental, se os pigmentos são incorporados por via interna (tratamento de canal, uso sistêmico de tetraciclina durante a formação dos dentes ou o excesso de flúor) ou via externa (alcatrão do tabaco, pigmentos de bactérias cromógenas e/ou pigmentos alimentares, entre outros).

Nos dentes escurecidos por razões endodônticas, em que a polpa – ou “nervo” – do dente perde sua vitalidade, é necessário realizar um tratamento de canal e um procedimento de clareamento dental interno, ambos realizados pelo seu dentista.

COM LUZ OU SEM LUZ?

Muito embora se tenha proposto o uso de luz e calor para “acelerar” ou catalisar a reação de clareamento, a suposta vantagem desse fator no resultado do clareamento parece não encontrar justificativa na literatura científica.

Também não se recomenda realizar restaurações imediatamente após o clareamento dental, já que há uma perda de adesão dos materiais restauradores aos tecidos dentários. Alguns autores recomendam, portanto, que se aguardem pelo menos duas semanas antes de se realizar uma nova restauração dental.

Cuidado com o exagero!

Embora alguns estudos tenham detectado um certo grau de redução na dureza do esmalte após procedimentos de clareamento, tal redução não parece ter significado clínico. No entanto, não se conhece o dano de um clareamento dental quando ele é usado ao extremo.

Devido à disponibilidade de alguns produtos ao público leigo, algumas pessoas utilizam substâncias clareadoras em excesso. Devem, no entanto, ser advertidos de que os efeitos negativos do uso excessivo e em longo prazo do peróxido de hidrogênio são desconhecidos.

Para saber mais:
http://www.dentistrytoday.com/ce-articles/300–sp-660000750
http://www.dentsplyargentina.com.ar/Blanqueamiento%20Tecnicas%20y%20conceptos.pdf

Compartilhado por: Talasila Dental | produção: Dear Doctor, Inc | sinopse e tradução: RBC | tradução e legendas: EAN

a transcrição do áudio traduzido.

Um sorriso branco e brilhante é atraente a todos que o veem. Ter dentes atraentes também pode dar um reforço em sua autoconfiança. Mas os dentes nem sempre parecem tão brancos quanto gostaríamos.

Às vezes, os alimentos e as bebidas de que gostamos causam manchas. O cigarro é outro culpado, e o simples envelhecimento leva seus dentes a amarelarem. No final das contas, isso acontece com quase todo mundo, mas isso não significa que você precisa aceitar isso.

Você sabia que o clareamento dental é uma forma relativamente barata de aprimorar um sorriso desbotado? Você provavelmente já viu vários produtos vendidos sem prescrição. Eles alegam clarear os dentes em variados graus. Mas as mais poderosas e rápidas soluções de clareamento só estão disponíveis no consultório do seu dentista.

Esse é um processo conhecido como “clareamento intensivo”. Esse processo consegue clarear os dentes de 3 a 8 tons em apenas 1 hora, e pode durar de 6 meses a 2 anos.

Primeiro, seu dentista irá proteger sua gengiva e, se necessário, a raiz dos seus dentes para garantir sua segurança. Em seguida, uma solução de clareamento com concentração profissional é aplicada. Frequentemente, uma luz especial ou Laser será usado para acelerar o clareamento.

Outra forma de clarear seus dentes é utilizando um kit caseiro prescrito pelo seu dentista. Primeiro, o seu dentista tira moldes de seus dentes. Em seguida, moldeiras plásticas delicadas são criadas para se encaixar perfeitamente nos seus dentes, permitindo que você mesmo aplique o gel clareador.

Para conseguir o resultado desejado, você precisa se comprometer com o plano de tratamento prescrito por seu dentista. Apesar de este procedimento demorar mais, ele também pode ser muito eficaz e menos caro.

Há algumas coisas que você precisa saber antes de clarear seus dentes.

Possíveis efeitos colaterais incluem sensibilidade dental ou irritação gengival, que normalmente são leves e desparecem em pouco tempo. Seu dentista pode lhe dizer se é propenso a ter sensibilidade com base nas condições de seus dentes e sua gengiva.

Saiba que a sensibilidade dental ou irritação gengival podem se tornar mais graves se você utilizar moldeiras não individualizadas, que não se encaixam corretamente, ou quando o clareamento é aplicado por pessoal não qualificado.

Saiba também que o clareamento de dentes não afetará as coroas protéticas, facetas laminadas ou restaurações previamente existentes.

O clareamento não é permanente, mas é possível diminuir o processo de descoloração evitando-se alimentos e hábitos que causam manchas e fazendo retoques de tempos em tempos. E o mais importante: estudos mostram que o clareamento dental é seguro quando realizado de forma correta.

O clareamento dental é o meio mais popular e com melhor relação de custo-benefício para melhorar seu sorriso dramaticamente. Se você está pensando em clarear seus dentes, fale com seu dentista. Juntos, vocês podem acertar o melhor plano para garantir ao seu sorriso dias melhores e mais brilhantes.


192
Visualizações